Semijoias finas – você sabe escolher as de boa durabilidade?

semi-jóias
Atualizado em 22 fev 2017

As semijoias são conhecidas pela gama de vantagens que possuem, como variedade de modelos, melhor custo x benefício, peças antialérgicas e durabilidade. No entanto, são apenas as semijoias finais que oferecem esses benefícios e são capazes de ter uma vida útil mais ampla.

 

Mas você sabe como escolher as peças finas que garantem durabilidade, beleza e acabamento perfeitos? A Anitta Store vai te dar dicas importantes para selecionar esses itens e ter sucesso nas vendas.

Fique atento ao banho nas semijoias finas

Apesar de ser um item de diferenciação – afinal, até algumas bijuterias recebem banho de metais preciosos – essa é uma das características que mais nos ajuda a entender qual será a durabilidade da peça. O ideal é que você fique atento aos milésimos, que nada mais são do que a espessura (camada) da folheação.

 

As semijoias com garantia de durabilidade são aquelas que possuem, no mínimo, 20 microns (0,02 mm). Se fossemos explicar de maneira geral, as semijoias finas são aquelas que, na verdade, possuem mais camadas desse banho.

 

Mas lembre-se, a vida útil só será maior se você tomar algumas precauções. Não sabe como? Nós já falamos sobre quais são os cuidados com semijoias para se ter.

 

 

O metal usado

As semijoias finas respeitam as recomendações do Inmetro e não podem ter em sua composição níquel ou valores superiores a 0,01% e 0,03% de cádmio e chumbo, respectivamente. Isso porque esses metais pesados podem causar danos sérios à saúde e diminuem drasticamente a vida útil das peças.

 

Os fabricantes são obrigados a te dizer o material que usaram e sua porcentagem, ou pelo menos mostrarem que as peças são certificadas pelo Inmetro. Só assim você conseguirá ter a certeza de que está comprando semijoias finas.

 

Pedrarias

As pedras naturais ou muito similares são as que caracterizam as semijoias finas. Por exemplo, strass modifica a aparência das peças e só é utilizado em bijuterias, que são mais acessíveis. Ao contrário das zircônias, que são pedras artificiais muito parecidas com os diamantes e que garantem que os brincos, colares e anéis que as possuam tenham o acabamento ideal de uma semijoia fina.

 

Vale lembrar que as zircônias são classificadas de 1 a 5 A e quanto maior for o número, maior sua qualidade, brilho e durabilidade.

 

Agora que você já sabe como identificar e escolher as semijoias finas, acesse o site da Anitta Store e encontre o acessório ideal para cada ocasião. E o melhor, com garantia e durabilidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *